Faça você mesma – Transplante de Orquídeas

Você quer transplantar uma orquídea que está em um local fixo para outro vaso?  Siga alguns passos simples para que tudo saia perfeito.

Materiais:

– Tesoura de poda com lâminas finas.

– Estacas para sustentar sua muda.

– Cordão de algodão ou arame fino.

– Regador, aspersor

Procedimentos:

– Lavar bem o vaso para retirar poeira. No caso de vasos de cerâmica queimada, encharque de água antes de colocar o substrato. Não usar vasos grandes para mudas pequenas, a proporção de substrato excessiva poderá reter mais umidade e propiciar surgimento de fungos.

 

 

– Escolha uma muda bem saudável e retire-a com a tesoura. Verifique a existência de raízes secas ou doentes, e também insetos presos à planta.

– Separe os materiais necessários para o transplante.

 

– No fundo do vaso colocar uma camada de brita, cacos de vasos ou isopor para garantir a drenagem das regas e da chuva. Se o vaso é de cerâmica, é costume o fabricante fazer grandes furos nas laterais. Cubra com cacos de vaso, irá impedir a entrada de lesmas e outros insetos que poderão atacar as raízes.

 

– Coloque o substrato escolhido em pedaços e cubra com pedaços de coco que foram deixados de molho em água.

 

– Colocar a planta delicadamente, fixando-a com pedaços de arame curvos.

 

– Colocar um tutor preso firmemente no substrato, de arame ou bambu cortado. Amarre delicadamente a orquídea nele. Também servirá posteriormente para amarrar a haste floral.

 

As plantas que foram colocadas em novo recipiente deverão receber atenção especial, de regas e sanidade. Depois desta etapa são colocados os arames para pendurar a planta no ripado.

 

Não coloque junto com as outras plantas, estabeleça uma parte do seu ripado de cultivo para as mudas novas.

 

Fonte: fazfacil.com.br

Anúncios