Saúde e bem estar – Durma bem

Dormir bem melhora o humor, a memória, previne doenças e faz você viver mais. A ciência não para de comprovar os benefícios de uma noite bem dormida.

Algumas dicas podem fazer a diferença para se ter um noite de sono ideal:

O apoio para cabeça é fundamental, na hora de escolher, você precisa considerar o material de que ele é feito e, claro, a posição em que é colocado. A melhor posição para dormir é de lado. Assim, a coluna fica longe das dores e os músculos também.

A altura do travesseiro tem que ser igual a distância entre o pescoço e a parte externa do braço. Já para quem dorme com a barriga para cima, o melhor é levar para a cama um apoio mais baixo, preenchendo o espaço entre o pescoço e a nuca, sem comprimir a coluna.

Importante: O travesseiro deve ser trocado, no mínimo, a cada dois anos.

Atente-se às posições mais indicadas para dormir:

A posição correta é dormir com a briga para cima. Mantenha a coluna alinhada e os braços abaixo do queixo. Os joelhos devem estar flexionados e com um travesseiro fino entre eles para impedir a sua rotação, evitando que a região lombar fique estendida.

Coloque um travesseiro fino ou um rolinho de espuma sob os joelhos para que permaneçam semi – flexionados durante a noite, deixando os quadris bem posicionados e os músculos da região lombar relaxados.

O colchão ideal para um sono tranquilo não pode ser muito macio nem muito firme, ou seja, deve simplesmente se amoldar ao corpo confortavelmente. Prefira os de látex, que tem como benefício principal o fato de se adaptarem com perfeição aos contornos do corpo, aliviando os pontos de pressão .

Antes de ir para o quarto, é fundamental aplacar as ansiedades do dia a dia. Não vá para a cama assim que chegar do trabalho. Primeiro tome um banho morno, procure relaxar, para só então ir se deitar.

Desligar a TV e o computador é um método bastante eficaz. A luz desses aparelhos atrasa a produção das substâncias responsáveis pelo aviso de que é hora de dormir.

Exercícios físicos devem ser feitos até quatro horas antes de ir dormir, ou o corpo ainda estará agitado.

Um chá também ajuda, porém, é preciso escolher as ervas certas. Nada de tomar chá preto ou verde, ricos em cafeína, que é estimulante. Infusões de melissa e camomila induzem ao sono e ainda melhoram a sua qualidade.

Coma pouco à noite. Faça uma refeição leve. Tomar sopas com esses ingredientes é uma excelente pedida, principalmente nas noites mais frias.

Dica: Depois do banho morninho, acenda uma lâmpada azul e pingue algumas gotas de óleo de lavanda no travesseiro. Essa técnica acalma os pensamentos, relaxa o corpo e induz a um sono melhor.

Um copo de leite morno também ajuda a encontrar o caminho para um sono tranquilo, porque o alimento possui (em concentração não muito grande, é verdade), o triptofano, que é um precursor de serotonina, outro neurotransmissor que está fortemente associado ao relaxamento profundo.

Alerta: Não se engane com a sensação de relaxamento que o álcool oferece, porque, após alguns goles, essa substância pode afrouxar estruturas da região da faringe comprometendo a respiração. O resultado é o ronco, que prejudica as fases do sono, ou o efeito rebote, que é quando a pessoa acorda várias vezes no meio da noite.

Tenha o tempo de sono ideal. Procure dormir, ao menos, sete horas por noite.

Tenha uma excelente noite de sono!

Fonte: minhavida.com.br

Anúncios